quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013


MARANHÃO
PRF Apreende Ambulância da Prefeitura de Ribamar Fiquene
Veículo não apresenta registro no Renavam e nem emplacamento. Prefeitura culpa a administração passada pela irregularidade.
A Polícia Rodoviária Federal apreendeu uma ambulância da prefeitura de Ribamar Fiquene, a 60 km de Imperatriz. O veículo circulava de forma irregular por não apresentar registro no Renavam e nem emplacamento.
A ambulância, que deveria transportar pacientes do município, está parada no pátio da Polícia Rodoviária Federal de Porto Franco a mais de 15 dias. O veículo comprado há cinco meses foi apreendido porque não possui placa e nem mesmo cadastro no Renavam, o Registro Nacional de Veículos Automotores.
Segundo o Conselho Nacional de Trânsito, veículos novos devem ser registrados e emplacados no prazo máximo de 15 dias. A Prefeitura de Ribamar Fiquene admite que a ambulância estava circulando de forma irregular,  e afirma que o problema foi causado pela administração passada. Ele ainda denuncia possíveis irregularidades na compra do veículo. A nota fiscal da fábrica emitida no dia cinco de setembro de 2012 diz que veículo foi vendido por R$ 76.982 para uma concessionária do Rio de Janeiro.
Cinco dias depois, o veículo foi vendido para uma empresa de Imperatriz por R$ 82.000, que no mesmo dia repassou a ambulância para a prefeitura de Ribamar Fiquene por R$ 132.000. A atual administração garante que ainda não teve acesso ao processo de licitação que resultou na compra da ambulância e que abriu um procedimento de investigação.
O secretário municipal de Saúde diz que está encontrando dificuldade para registrar o veículo por causa de um erro na nota fiscal emitida pela empresa de Imperatriz que vendeu a ambulância para a Prefeitura de Ribamar Fiquene.
A prefeitura culpa a administração passada. A produção tentou contato com o ex-prefeito de Ribamar Fiquene, Dione Alves, mas ele não foi localizado para falar sobre a denúncia.

*Por Gil Santos-TV Mirante


DARCINÓPOLIS
Comissão Intergestores Regional Médio Norte Araguaia se reúne
Pactuar assuntos de interesse regional, fortalecendo as regiões médio norte e médio Araguaia, são objetivos da reunião da Comissão Intergestores Regional (CIR) que aconteceu durante toda esta terça-feira, 26, na Câmara Municipal de Darcinópolis.
Fazem parte das regionais desta CIR os municípios de Aragominas, Araguaína, Araguanã, Babaçulândia, Barra do Ouro, Campos Lindos, Carmolândia, Darcinopolis, Filadélfia, Goiatins, Muricilândia, Nova Olinda, Pau D’Arco, Piraquê, Santa Fé do Araguaia, Wanderlandia e Xambioá.
As Comissões Intergestores Regionais, anteriormente chamadas de Colegiados de Gestão  Regional (CGR) são estruturas criadas pelo Pacto pela Saúde com o intuito de qualificar o processo de regionalização no SUS,garantindo o exercício da ação cooperativa entre os gestores nas regiões de saúde se constituindo espaço de governança em âmbito regional.  A nova nomenclatura foi dada a partir da publicação do Decreto Presidencial nº 7508 de 28 de junho de 2011.

TOCANTINS
Justiça concede liminar à pecuaristas. MNLM deve deixar acampamento
O juiz, Jefferson David Azevedo Ramos, da Comarca de Augustinópolis concedeu liminar para o pedido de Reintegração de Posse da área da Associação dos Proprietários Rurais do Bico do Papagaio, invadida no domingo, 24, por pelo menos 300 membros do Movimento Nacional de Luta pela Moradia (MNLM).
O pedido foi feito pelo presidente da associação, o pecuarista Valtênio Holanda. A área foi doada aos ruralistas ainda em 1984 pelo prefeito da época, Manoel Marinho de Sousa. A área que atualmente abriga o Parque de Exposições da cidade, tem 440 metros por 220 totalizando 96.800 m².
Nas próximas horas os integrantes do MNLM devem ser notificados da decisão, que vem acompanhada de multa no caso do não cumprimento da determinação no valor de R$5.000,00 (cinco mil reais) por dia.


TOCANTINS
Prefeitura apresenta lei sobre doação de área ocupada por movimento social
A Prefeitura de Augustinópolis apresentou cópia da lei que trata da doação da área ocupada pelos integrantes do Movimento Nacional de Luta pela Moradia (MNLM) em Augustinópolis desde o domingo, 24,  e que pertenceria à Associação dos Proprietários Rurais do Bico do Papagaio. A lei é de 1984 ainda quando o município pertencia a Goiás e foi assinada pelo então prefeito Manoel Marinho de Sousa. Segundo a lei, a área que se refere ao parque de Exposições da cidade  tem 440 metros por 220 totalizando 96.800 m².
O movimento alega que tem cópia da certidão da área que foi levantada junto ao cartório da cidade. “Temos em mãos a certidão de nada consta e que comprova que a área é pública, a área é da União”, disse o coordenador do Movimento mas sem apresentar cópia do documento citado.
O Superintendente do INCRA no Tocantins, Roberval Gomes frisou que não tem as coordenadas da área e sendo assim não tem como levantar se a área é particular ou da União. Informações preliminares portanto dão conta de que a área é realmente particular. “Não temos as coordenadas geográficas para saber sobre a área e não fomos procurados por ninguém do movimento para saber sobre a área”, disse o superintendente. (Com informações do site Conexão Tocantins)


MARANHÃO
Remoção de árvores em Campestre permitirá a construção de duas avenidas

Visando fazer o nivelamento dos canteiros que ficam às margens da Rodovia Belém-Brasilia no perímetro urbano de Campestre do Maranhão, a prefeitura está fazendo com autorização da Secretaria de Meio Ambiente a remoção de árvores e fazendo a limpeza da área para que seja iniciada a construção do cartão postal da cidade.
De acordo com a Secretaria de Infraestrutura, tudo isso será para acelerá o processo de desenvolvimento do município. Para José Morais, responsável pela pasta, esta obra vai mudar definitivamente a visão da entrada da cidade trazendo mais conforto, segurança e bem está a toda população.
Nas áreas por onde as máquinas estão passando fazendo a limpeza, inclusive a retirada de árvores e troncos, nas Avenidas JK e Bernardo Sayão, será feita a pavimentação asfáltica e os canteiros vão receber gramíneas e diversas outras árvores que serão plantadas para repor as que estão sendo removidas, evitando dessa forma o que poderíamos chamar de impacto ambiental. Além disso, ao longo de toda avenida nas margens direita e esquerda será feita a implantação de um moderno sistema de iluminação pública.
A previsão é que até final deste ano, todos os serviços sejam concluídos e entregues à população. Os recursos para esta obra virão do Governo Federal através de emendas parlamentares e com parte dos recursos arrecadados pelo município.
ASCOM-PMCM

 

Bento XVI realiza nesta quarta-feira última audiência pública como Papa

O Papa Bento XVI fará nesta quarta-feira (27) a última audiência pública de seu pontificado. Na quinta-feira (28), ele deixará o posto e passará a ser chamado de "Papa Emérito".
Para o evento, o Vaticano espera 200 mil pessoas na Praça de São Pedro. A Audiência Geral deve começar por volta das 6h30 (horário de Brasília). O Papa fará um passeio com o papamóvel e, em seguida, vai falar aos fiéis.
Quinta-feira, último dia
Na manhã seguinte, no Palácio Papal, o decano do Colégio de Cardeais, Angelo Sodano, fará um pequeno discurso de despedida, e então cada cardeal poderá separadamente se despedir do pontífice.
Durante a tarde, no Tribunal de Saint-Damase, no coração do pequeno Estado, a Guarda Suíça carregará suas bandeiras em saudação.
Em seguida, por volta das 13h (horário de Brasília),  Bento XVI irá para o heliporto do Vaticano para viajar a Castel Gandolfo, 25 quilômetros ao sul de Roma, a residência de verão do Papa, onde passará dois meses, antes de se estabelecer em um mosteiro no Monte do Vaticano.
Bento XVI chegará à residência de verão e saudará os fiéis a partir da varanda. Esta será sua última aparição como chefe da Igreja. Nada de especial está previsto quando o relógio badalar oito horas da noite (hora local), momento em que oficialmente termina o pontificado. Ele provavelmente estará em oração na capela neste momento.
Às 20h, o pequeno destacamento da Guarda Suíça, em frente à residência, fechará a porta e colocará assim um fim ao seu serviço, reservado exclusivamente ao Papa. Mas a polícia vai continuar a garantir a segurança de "Sua Santidade, o Papa Emérito".
No Vaticano, a Guarda Suíça continuará a fazer a proteção, apesar do "trono vacante".
Conclave
No dia seguinte à renúncia, o cardeal Angelo Sodano enviará os convites aos cardeais eleitores -- atualmente 115 -- para as "congregações" que precedem o conclave. Essas reuniões, durante as quais os prelados procuram definir o perfil do futuro Papa, não devem começar antes de segunda-feira.
Papa Emérito
Nesta terça (26), o Vaticano anunciou que  Bento XVI vai manter o nome e o título honorífico de "Sua Santidade"  após a renúncia. Ele será chamado de "Papa Emérito" ou "Pontífice Romano Emérito".O anel papal vai ser destruído, de acordo com a tradição do Vaticano, segundo o porta-voz.
Bento XVI passará a trajar a "batina branca papal clássica", sem mantelete, segundo o padre Federico Lombardi. Ele também não deve mais usar sapatos vermelhos.
O porta-voz afirmou que Bento 16 tinha tomado as decisões sobre seus títulos após consulta com as autoridades do Vaticano.
O Papa alemão, de 85 anos,  disse que vai renunciar  por conta de sua frágil saúde. O anúncio, surpreendente, foi feito em 11 de fevereiro. Joseph Ratzinger será o primeiro pontífice a renunciar em mais de seis séculos, o que cria situações praticamente inéditas para a Igreja Católica Apostólica Romana.

Maranhão é o destino escolhido por muitos nordestinos para morar

Há muito tempo, o Maranhão tem sido destino certo para muitos nordestinos e os vizinhos paraenses.Um dos atrativos certamente é natureza generosa do lugar. O único estado do Nordeste coberto em parte pela Floresta Amazônica, o Maranhão tem terra fértil, rios, lagos e o segundo maior litoral do país. Um oásis que atrai gente de toda a parte. Muitos trazem na bagagem a esperança de recomeçar tudo por aqui.
A busca por melhores condições de vida alimenta o sonho de muita gente que deixa pra trás a cidade natal, o estado e a família. O Maranhão virou desde muito tempo o destino de quem esperava encontrar aqui a oportunidade dos sonhos.
De acordo com o economista José Reinaldo Barros Júnior, a migração começou séculos atrás. “O Maranhão foi durante muitas décadas uma espécie de Canaã para os nordestinos. Nós recebemos constantemente fluxo de pessoas vindas do Piauí, do Ceará, de Pernambuco. O Maranhão recebeu essa força de trabalho nos séculos passados”, contou.
Essa preferência continua até hoje. Segundo o Censo 2010, das 230.440 pessoas que vieram morar no Maranhão nos últimos 10 anos, 59.827 são do Pará; 37.327 do Piauí; 21.470 de São Paulo. Os piauienses representam 34,9% da população; os cearenses 17,8%; os paraenses 12,7%. O número de mirantes do Pará cresceu de 1991 e 2010 no Maranhão, ao contrário dos estados do Ceará e do Piauí.
“Entre o Pará e o Maranhão há uma uniformidade cultural, do ponto de vista da linguagem, do gosto pela música, e também do ponto de vista ambiental”, destacou José Reinaldo Barros Júnior, tecnologista da Informação do IBGE.

http://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2013/02/maranhao-e-o-destino-escolhido-por-muitos-nordestinos-para-morar.html


SÃO BENTO
Claudivan desobedece Justiça e não retorna servidores exonerados
O oficial de justiça encarregado de notificar o prefeito de São Bento do Tocantins, Claudivan Tavares, atendendo determinação do juiz da Vara Cível da Comarca de Araguatins, após conceder liminar, para retornar servidores municipais concursados ao trabalho, exonerados, não tem conseguido encontrar o prefeito.
A medida da Justiça em conceder as liminares veio acompanhada da decisão do Tribunal de Justiça, que reconheceu o direito de diversos servidores públicos concursados, mas exonerados pelo gestor. A desculpa na Prefeitura é sempre a mesma, que o prefeito não encontra-se na cidade.
Entenda o Caso
O Prefeito Claudivan Tavares, através de um Decreto 11/2013, exonerou vários funcionários públicos, alegando aumento de despesa. Os servidores procuraram a Justiça que concedeu liminar retornando os mesmos aos seus postos de trabalho. Claudivan além de demitir enviou para Câmara Municipal, um projeto de lei para contratação temporária de servidores públicos semconcurso, para suprir as vagas dos servidores concursados exonerados, contrariando a Constituição Federal.


AUGUSTINÓPOLIS
Movimento Social alega que fazendeiros atiraram e colocaram fogo em acampamento
Um grupo de 300 pessoas que está acompado em Augustinópolis relataram nesta terça-feira, 26, que durante a noite de segunda-feira, 25, um grupo de seis  homens dispararam tiros nas mediações do acampamento e chegaram a colocar fogo em alguns barracos. A informação é do coordenador estadual do Movimento Nacional de Luta Pela Moradia, Bismarque do Movimento e do coordenador do acampamento na cidade, Divino de Freitas.
“ Por volta das oito horas da noite os homens chegaram de cavalo atirando para cima e para baixo. Muitas pessoas focaram assustadas e correndo com medo. Eles também jogaram os cavalos encima de vários companheiros e colocaram fogo em um barraco”, relatou Divino. Uma menina de 17 anos que está gestante  ficou ferida e foi encaminhada para o Hospital de Augustinípolis. Segundo os acampados a barraca que ela estava foi uma das que pegou fogo.
Oura alegação dos acampados é que a polícia da cidade teria negado assitência assim que foi acionada. “A polícia se negou a nos ajudar. E quando eles estavam aqui nos ameçando chegaram a dizer que a polícia estava apoiando eles”, contou Divino.
O grupo conta ainda que foi avisado verbalmente pela advogada dos fazendeiros interessados na área de que havia uma liminar de despejo da área. Um vídeo chegou a ser gravado por um dos acampados e deve ser apresentado á Polícia. Um boletim de ocorrência também foi registrado com relação à ação.
O MNLM afirma que vai pedir proteção e apoio para o Movimento de Direitos Humanos para garantir proteção aos acampados.
Repressão
Bismarque relatou que a ação deve ter partido de um grupo de fazendeiros mas não citou nomes. “ Com certeza essa foi uma ação de um grupo de fazendeiro, de pessoas poderosas do município”, salientou.
O Movimento alega que a área é da União e que deve ser disponibilizada para fim social. A intenção é que o grupo fique acampado até serem contemplados com moradia. A ocupação na área começou no domingo, 24.  Um representante da prefeitura chegou a afirmar que a área será doada para a Associação dos Fazendeiros e por isso pediram que os ocupantes deixassem imediatamente o local.
Polícia
A Polícia Militar confirmou que foi feito um Boletim de ocorrência mas não deu mais informações sobre o caso. Segundo o agente que atendeu os policiais que atenderam a ocorrência não repassaram a informação e eles não tem conhecimento do que ocorreu.
Já na Polícia Civil o delegado Eduardo Artiaga informou que não houve nenhuma diligência sobre o episódio e que a delegacia não tem conhecimento da situação. (Com informações do site Conexão Tocantins)

TOCANTINS
Inaugurado o Novo Prédio da Agência do INSS em Tocantinópolis
Uma nova Agência da Previdência Social (APS) foi entregue à população de Tocantinópolis, na manhã desta terça-feira (26).
De acordo com o gerente-executivo do INSS em Palmas (TO), Silvano Coelho Lira, até então, essa era a única agência no Estado que ainda funcionava em um imóvel alugado. “Agora todas as 12 agências estão em prédios próprios”, afirmou.
A nova unidade tem capacidade para realizar 300 perícias médicas e 2.200 atendimentos por mês. A estrutura atende a todos os requisitos de acessibilidade, como placas em braile, rampas nas entradas e banheiros adaptados, bem como móveis novos, ambiente climatizado, nove posições de atendimento aos segurados e toda a privacidade em duas salas de perícia médica. Além de Tocantinópolis, que possui 21 mil habitantes, a nova agência vai atender também aos moradores dos municípios de Nazaré, Maurilândia, Aguiarnópolis, Palmeiras, Darcinópolis, Itaguatins, Santa Terezinha dos Tocantins, Luzinópolis, Cachoeirinha, Angico, Ananás e Riachinho.
A demanda também inclui os segurados vindos do Maranhão e Pará, por conta da fronteira com esses estados. Com a nova estrutura, a APS de Tocantinópolis poderá oferecer muito mais qualidade no atendimento, não apenas pelo conforto para o segurado, mas também pelas melhores condições para o servidor no ambiente de trabalho. Um ganho para uma agência que paga, por mês, mais de 14 mil benefícios.
Durante o evento de inauguração, o vice-prefeito Eurivaldo Gomes representou o prefeito Fabion, e em sua fala disse que aquele era um momento histórico para o município, e deu uma flertada no gerente do INSS de Tocantinópolis senhor Marlon, que havia dito anteriormente que no prédio onde eles trabalhavam, que pertence a mãe do vice, que conviviam com dificuldades, onde tinha ratos e traças, e Eurivaldo alertou que se eles não cuidarem bem do novo prédio os ratos e as traças também vão parar lá, pois tudo depende do administrador. 
O ultimo a discursar foi o gerente executivo do INSS em Palmas, senhor Silvano Coelho Lira que em sua fala agradeceu a todos que se empenharam na construção do prédio citando o nome de todos um a um, não esquecendo também de falar o nome do deputado federal Júnior Coimbra e também do deputado federal Agnolin que estava sendo representado no evento pelo professor Cleber Borges, que segundo Silvano foram os mentores da emenda que possibilitou a construção do novo prédio.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013


MARANHÃO
Valor da cesta básica no Maranhão teve aumento de R$ 0,10 em janeiro
O valor da cesta básica calculada pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc) – órgão que compõe a estrutura da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplan) atingiu, em São Luís, em janeiro, o valor de R$ 192,67, o que representa um aumento de R$ 0,10 ou variação de 0,1% em relação ao mês de dezembro de 2011.
Segundo o presidente do Imesc, Fernando Barreto, dos 12 produtos que compõem a cesta, quatro apresentaram alta em seus preços médios, o arroz (9,5%), feijão (8,8%), tomate (5,3%), e farinha (2,8%) e seis itens sofreram queda, merecendo destaque, a banana (-7,3%), a manteiga (-6,1%), o açúcar (-3,1%), e a carne (-2,1%).
Para adquirir os produtos que compõem a cesta, Barreto contabiliza que o trabalhador  que ganha um salário mínimo precisou comprometer 31,0% da sua renda no mês de janeiro deste ano restando, portanto, 69,0% do seu salário para outras despesas como habitação, vestuário, transporte, higiene e lazer.
Ainda segundo cálculos do Imesc, comparando com janeiro do ano de 2011, nove produtos sofreram elevação, o café (18,5%), farinha (16,3%), leite (8,1%), pão (5,9%), manteiga (5,8%), carne (4,2%), arroz (3,5%), óleo (3,1%) e feijão (1,7%). Sofreram redução, a banana (-9,3%), o açúcar (-8,4%) e o tomate (-4,3%) e a variação anual ficou em 2,0%.


TOCANTINS
TO teve aumento de 36% em incidência da dengue
O resultado do Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde (MS), divulgado nesta segunda-feira, 25,  mostra que o Tocantins, nas sete primeiras semanas do ano, é o quinto estado em incidência de dengue no país, com 311,18 casos registrados para cada 100 mil habitantes em 2013, percentual 36% maior que em 2012, no mesmo período, quando foram registrados 229 casos.
Na região Norte, o Tocantins é o segundo estado com maior incidência da doença, atrás apenas do Acre, que contabilizou 410,7 casos registrados para cada 100 mil habitantes.
Em contrapartida, houve redução de 83% dos casos graves no Tocantins, com apenas dois casos registrados este ano, comparados aos 12 do último ano.  No país, o número de casos graves caiu 44%.
A pesquisa realizada em 983 cidades aponta que a região Norte do país lidera em número de casos por habitantes, sendo que Palmas e Porto Velho são as capitais consideradas em situação de risco. Nenhum outro município do Tocantins consta na relação de municípios em alerta ou situação de risco.
Em relação ao número de óbitos, não houve nenhum registro no Estado este ano, diferentemente de 2012, quando foi registrada uma morte. Em todo o Brasil, de 1º de janeiro a 16 de fevereiro, foram confirmados 33 mortes.
Segundo o ministério, a tendência de queda nos casos graves e óbitos é resultado das medidas adotadas em conjunto com estados e municípios, como organização da rede pública de atendimento, a melhoria da atenção básica, capacitação dos profissionais e reforço à vigilância em saúde.
Alerta
Ainda segundo o boletim, Palmas está entre as cidades em situação de risco, assim como Porto Velho (RO). Enquanto, as capitais Belém (PA), Manaus (AM), Rio Branco (AC), Aracaju (SE), Fortaleza (CE), Maceió (AL), Recife (PE), Salvador (BA), São Luís (MA), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Campo Grande (MS) e Goiânia (GO) são identificadas como cidades em alerta.
A situação foi identificada pelo Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti(LIRAa), realizado este ano, que identifica o crescimento dos criadouros dos mosquitos em reservatórios de água e em depósitos domiciliares, sendo que na região Norte os depósitos predominantes identificados são lixos.
Segundo o coordenador de Controle Vetorial do Centro de Controle de Zoonose (CCZ) de Palmas, Ronaldo de Oliveira, o município está trabalhando para reduzir o índice de infestação. “Realizamos recentemente um mutirão de remoção de criadouros nas áreas prioritárias apontadas pelo LIRAa, que são a região Norte e Aurenys e atualmente estamos concluindo as borrifações nestas regiões. O trabalho também já está sendo estendido para outras regiões da Capital”, disse. Procurada, a Secretaria da Saúde do Estado (SESAU) não se manifestou sobre os números divulgados até o fechamento desta edição. (Jornal do Tocantins)


MARANHÃO
Explosões em bancos assustam municípios no interior do Estado
Aproveitando a falta de policiamento, quadrilhas especializadas em arrombamento de bancos agem com frequência, principalmente, na Região Tocantina e na Baixada Maranhense. Só este ano, 16 agências já foram explodidas.
O aposentado José da Mota estava dormindo, quando os bandidos explodiram, durante a madrugada, a agência bancária de Montes Altos, município localizado a 640 quilômetros da capital maranhense. Sua residência é vizinha à agência e esta era a terceira tentativa da quadrilha em menos de um mês.
“Deram um disparo na bomba, mas a dinamite não atingiu. Agora eles vieram a propósito, porque eles bateram durante muito tempo para poder fazer o disparo com a dinamite”, contou o aposentado. Os bandidos deixaram a cidade atirando e uma das balas atingiu a delegacia de polícia.
De acordo com dados da Secretaria Estadual de Segurança (SSP), esse tipo de crime tem aumentado. Em 2012, as quadrilhas explodiram 40 agências bancárias e arrombaram 56. Só este ano já foram registradas 16 explosões. Só a agência de Sítio Novo, no sudoeste do estado, foi explodida três vezes em menos de um ano. Os moradores vivem assustados e os comerciantes contabilizam os prejuízos. “Tudo na cidade gira em torno do banco. Então isso influencia diretamente nas vendas”, afirmou a comerciante Ana Maria Soares.
Em Davinópolis, na região Tocantina, os bandidos explodiram as duas agências bancárias da cidade. E seis meses depois elas ainda passam por reformas.
Em Governador Ribamar Fiquene, o caixa eletrônico foi substituído há poucos dias. No lugar foi colocado um equipamento com dispositivo de tinta. Se houver uma nova explosão, todo o dinheiro que estiver no caixa, ficará danificado. No entanto, nem todos os bancos têm instalado caixas com este dispositivo
“Nem todas as instituições financeiras aderem a este sistema e não existe, o que nós podemos falar de sistema satisfatório de destruição e inutilização das notas”, disse Augusto Barros, superindente de Investigações Criminais. (G1)


TOCANTINS
DNIT tem até 15 de março para corrigir falhas na BR-153
Dia 15 de março encerra o prazo para que a Superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no Tocantins concluir a recuperação das rodovias federais que cortam o Norte do Estado. O prazo foi estipulado depois da abertura de dois inquéritos civis pelo Ministério Público Federal (MPF). Um deles apura as condições precárias da rodovia BR-153, entre as cidades de Wanderlândia e Colinas do Tocantins, trecho com buracos que estariam  favorecendo danos materiais e acidentes com vítimas fatais.
O segundo inquérito apura as más condições de trechos isolados da mesma rodovia, onde a falta de sinalização, bueiros afundando pavimento, acostamentos rebaixados ou com desnível acentuado seriam fatores críticos para a ocorrência de acidentes.Segundo o procurador da República, João Raphael Lima, a superintendência do DNIT no Tocantins já foi notificada e iniciou a recuperação de parte dos trechos que são objeto dos inquéritos. “Grande parte das solicitações tem sido cumpridas, como colocação de sinalização, placas, entre outras coisas. Esperamos que o DNIT cumpra todas elas para que não seja necessário judicializar o problema”, explicou o procurador. Um novo inquérito deve ser aberto pelo MPF para apurar as irregularidades nos trechos das rodovias federais na região Sul do Estado.
Rodovias
A precariedade das rodovias federais que cruzam o Tocantins já haviam sido relatadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) ao DNIT onze dias antes do feriado de Natal. O relatório classificou 99 trechos da BR-153 como de prioridade urgente ou urgentíssima para reparação. A maioria dos problemas apontados no relatório descrevem a existência de buracos, além de acostamento deteriorado e da existência de riscos de rolamento de pedras.
O relatório descreve ainda outros 13 trechos da BR-226 desgastados por irregularidades na pista, asfalto desgastado gerando trepidação, falta de sinalização em lombadas e grandes desníveis, também classificados como de necessidade urgente ou urgentíssima de reparação.
DNIT
O supervisor do DNIT, em Araguaína, Manoel das Graças Barbosa da Costa, disse que foram contratadas ainda em dezembro quatro empresas, Jurema, Goiás Construtora, Ética Engenharia e Paviservise, para a execução de obras de sinalização, conservação e restauração das rodovias BR- 153, BR-226, e BR-230. “As obras não começaram antes porque não havia recursos disponíveis. Agora temos e já estamos com alguns trechos concluídos como entre as cidades de Wanderlândia e Presidente Kennedy, onde os buracos já foram praticamente fechados.”
Sobre os acostamentos rebaixados, segundo o supervisor, após o período chuvoso devem ser iniciadas as obras, devendo ocorrer o nivelamento necessário para a correção do problema. “A sinalização no trecho entre o rio Bandeira e Wanderlândia está sendo feita agora. Após as obras de restauração devem começar em todas as rodovias, a sinalização de serviços horizontal, taxas refletivas verticais e bidirecional.” (Jornal do Tocantins)

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013



AGUIARNÓPOLIS
Prefeitura reforma escolas, quadra de esportes e faz recuperação de ruas, além de promover eventos.
Ivan Paz, em seu gabinete
 Para demonstrar que é possível fazer obras que beneficie o povo quando se tem dinheiro em caixa, mesmo que seja pouco, o novo prefeito do município de Aguiarnópolis Ivan Paz-PT está executando diversas obras na cidade.
Uma das primeiras iniciativas do gestor foi fazer um levantamento das necessidades mais urgentes nesse momento de início de mandato. Verificou que algumas escolas da rede municipal de ensino careciam de reformas para que os estudantes tivessem o mínimo de conforto no retorno às aulas nesse começo de ano letivo. Por causa disso autorizou que fosse feito com recursos próprios serviços de melhorias nas estruturas de duas escolas: Degraus do Saber, que atende alunos da pré-escola ao nono ano e Antonio José Rodrigues Filho e seu anexo. Além de ter construído um calçadão na escola que havia sido edificada há 16 anos.
A prefeitura também fez a reforma de duas quadras poliesportivas que estavam praticamente desativadas porque faltava manutenção. Também reformou o Centro de Convivência da Terceira Idade (Casa do Idoso).
Agora a prefeitura está iniciando os serviços de recuperação de ruas com uma mega operação tapa-buracos. Os serviços vão consumir cerca de 70 toneladas de asfalto (cada tonelada custa em media R$: 300,00). A prefeitura está utilizando a mão de obra local para fazer os serviços, por meio da contratação de servidores temporários (os chamados diaristas ou quinzeneiros). De acordo com o prefeito Ivan Paz, se tivesse de contratar uma empresa para executar os serviços para essa operação, os gastos poderiam ultrapassar a casa dos R$ 500 mil, mas, da forma como estão sendo feitos os trabalhos, a economia vai passar dos 50%. “Além de baratear os serviços, vamos aproveitar a mão de obra já contratada, além de está gerando emprego e renda para a nossa população. Tudo isso sendo feito com responsabilidade e transparência”. Disse o prefeito.
No inicio do mês de fevereiro o prefeito Ivan Paz esteve no Palácio dos Girassóis em Palmas, foi recebido pelo Governador Siqueira Campos e passou pelo gabinete do Secretário de Estado Eduardo Siqueira Campos onde trataram de assuntos ligados às parcerias que o município fará com estado visando melhorar ainda mais a vida do povo de Aguiarnópolis por meio de obras e serviços que devem ser feitos em parceria com o estado.
Já em Aguiarnópolis, Ivan Paz recebeu na prefeitura e o levou para uma visita a toda área urbana da cidade, o Deputado Estadual José Geraldo que prometeu alocar recursos de suas emendas constitucionais para viabilizar a realização de obras sociais e eventos públicos. A intenção do prefeito da cidade que não fez carnaval é promover uma festa fora de época, além de investir na estrutura da Ilha Cabral para a temporada de veraneio em 2013.
No final da semana passada a prefeitura promoveu o que batizou de “Virada Esportiva”, atividade que reuniu diversas modalidades esportivas, levando centenas de jovens para campos, quadra de esportes, praças e para as ruas, onde todos tiveram um final de semana cheio de competições na busca por uma premiação especial, além de medalhas e troféus, um momento de confraternização de toda a comunidade.
*Por Nardele Oliveira

Justiça determina exumação do corpo do ex-prefeito Davi Alves Silva
Dema de Oliveira
A Justiça, através do juiz titular da 3ª Vara da Família, Marcelo Testa Baldochi, determinou a exumação do corpo do ex-prefeito Davi Alves Silva.
O trabalho dos médicos legistas do Instituto Médico Legal (IML), sob o comando do diretor Alair Firmiano, seria feito na manhã desse sábado, no cemitério da cidade de Davinópolis, distante 18 km de Imperatriz. Entretanto, a exumação não aconteceu, tendo em vista que não compareceram ao cemitério os familiares de Davi Alves Silva, como também a parte interessada ou o seu advogado e, principalmente, o oficial de justiça para que a ordem judicial fosse cumprida.
Em função disso, o diretor do IML, o médico legista Alair Firmiano, manteve contato com o juiz Marcelo Testa Baldochi e disse que a exumação não seria realizada ontem em função da ausência dos interessados.
O magistrado autorizou a exumação mesmo sem essas pessoas. Mas, depois de ter ouvido as ponderações do médico legista Alair Firmiano, resolveu que uma outra data seria remarcada para o trabalho.
Segundo informações, o motivo da exumação do corpo do ex-prefeito Davi Alves Silva é para que sejam retiradas partículas para um exame de DNA para possível reconhecimento de paternidade de um filho do ex-prefeito.
Normalmente, nesses casos é feita a exumação em função de que familiares se negaram a fornecer o material. Quando acontece isso, a Justiça, através do juiz da Vara da Família, autoriza a exumação do corpo.
Assassinato
Davi Alves Silva foi assassinado no dia 23 de setembro de 1998, quando se encontrava no pátio do Posto Esplanada, de sua propriedade, localizado às margens da rodovia Belém-Brasília, no bairro Coco Grande.
Davi Alves Silva foi assassinado com um tiro pelo ex-cunhado, Abraão Ribeiro da Silva, que em seguida se suicidou.

Carreira política
Deputado estadual, 1983-1987
Deputado federal, 1987-1989
Prefeito de Imperatriz, 1989-1993
Deputado federal, 1995-1998